free web
stats

ARRIVA aponta junho 2019 para iniciar Porto – Corunha

A ARRIVA quer iniciar o transporte ferroviário de passageiros entre Porto e Corunha a partir de 17 de Julho de 2019, avançou a imprensa espanhola esta quinta-feira.

A frota a alocar ao serviço, escreve o eldiario.es, deverá passar por composições tipo “Talgo Pendular” e uma oferta de 220 lugares.

As 2h48 para percorrer os 342 km do eixo mantêm-se, tal como as 8 viagens diária, 4 por sentido, a ligar as cidades de Corunha e Porto.

Além das paragens em Santiago de Compostela, Vigo, Valença do Minho, Nine e Porto-Campanha, a ARRIVA deixa em aberto novas paragens se a procura o justificar.

Segundo explica a publicação, o tempo de viagem apresentado pela ARRIVA tem entre os argumentos, a electrificação da linha do Minho e o aumento da velocidade máxima do corredor. Fala-se, findas as obras, em 140 km/h, ou a electrificação da totalidade do eixo a 25 Kv.

A empresa, refere o eldiario.es, diz que se os compromissos de intervenção no terreno de IP e ADIF forem cumpridos, é possível.

“É essencial que os gestores de infraestruturas, em particular a ADIF, cumpram as acções programadas para que a linha projectada tenha voltagem de 25 Kv 50 Hz em todo o corredor”, cita a publicação.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.

Em declarações à webrails.tv Pedro Marques avançou que Portugal ainda não recebeu qualquer solicitação da ARRIVA. No entanto, a solicitação recorda que a partir de 2019 o mercado do transporte ferroviário passageiros será aberto a operadores privados.