free web
stats

Ibercargo Rail: parceiro espanhol da Takargo interessa à SNCF

stadler_Euro4000_Med_TakA empresa publica de transporte ferroviário francesa SNCF está interessa em adquirir a totalidade do capital da COMSA Rail Transport. Através da SNCF Geodis a empresa publica francesa detém 25% do capital do operador espanhol.

A plataforma espanhola elindependiente.com, avança que a SNCF Geodis se ofereceu para comprar todas as participações da empresa espanhola de transporte ferroviário COMSA Rail Transport ao Grupo COMSA EMTE.

Embora não corrobore a intenção, cita quadros ligado ao operador privado, onde adianta que a COMSA não confirma nem desmente o negócio.

No figurino actual a subsidiária da SNCF Logistics já detém 25% da COMSA Rail Transport. A presença como accionista remonta ao final de 2013, altura em que Bruxelas deu luz verde à entra no capital do operador ferroviário.

A aliança entre as duas empresas, dizia a COMSA Rail Transport em comunicado na altura, destinava-se a “promover o desenvolvimento do tráfego ferroviário de mercadorias entre a França, Europa Central e de toda a Península Ibérica”.

Ou seja, em perspectiva estava o agilizar a fluidez do modo ferroviário de transporte entre os dois lados a fronteira, a expansão dos serviços e aproveitamento do Corredor Mediterrânico entre Algeciras e Perpignan.

Entretanto, para a administração da nova empresa, são avançados pela railfreight.com, os nomes de Miquel Llevat e Philippe Bihouix.

Llevat, ex-director geral da COMSA, para presidente, e Bihouix, director de actividades ferroviárias internacionais da SNCF Geodis, para a vice-presidência. Pau Filella, actual cargo de director geral da COMSA Rail Transport, mantém-se no cargo.

A COMSA Rail Transport, deteve “uma quota de mercado próxima de 11% do tráfego total de mercadorias por comboio” no mercado espanhol e ibérico em 2017, refere a casa mãe.

O operador ferroviário, no mercado ibérico, actua em parceria com a Takargo através da Ibercargo Rail.

Nesse contexto a webrails.tv procurou inteirar se a Takargo está ao corrente da intenção de posicionamento da SNCF Geodis avançado pela imprensa espanhola, e qual o entendimento na parceria ibérica.

Até ao momento não foi possível apurar aleitura da empresa portuguesa de transporte ferroviário de mercadorias.