free web
stats

A carruagem CoRail da CP em modelismo, modelo ROCO (3ª parte)

Nesta 3ª parte, a operação que vou descrever é o ajuste da saia às dimensões da carruagem real da CP, conforme se pode ver na primeira parte do artigo.

Desmontagem da saia móvel do modelo

Desmontagem da saia móvel do modelo

Para isso, temos de desmontar completamente o modelo, conforme descrito na 2ª parte.

Fotografia 2 - Saia montada após corte dos excessos

Fotografia 2 – Saia montada após corte dos excessos

As operações que descrevo em seguida são as mais delicadas de todo o processo de correcção deste modelo.

As saias encontram-se presas ao chassis por molas. Para separarmos as saias, que são o único elemento que iremos cortar e desbastar, basta retirar a mola após o que a saia sai facilmente pela abertura/guia do movimento.

Fotografia 3 - Comparação da saia antes e depois do corte e desbaste

Fotografia 3 – Comparação da saia antes e depois do corte e desbaste

Com a saia desmontada, utilizando um pequeno berbequim para modelismo, montado com um disco de rebarbação, desbastamos o lado esquerdo, e cortamos a parte pintada a alumínio do lado direito, conforme se pode observar na fotografia 2.

Após esta operação, é necessário desbastar alguns milímetros da saia do chassis, como igualmente se pode ver na fotografia 2. A velocidade de rebarbação não pode ser muito elevada para não provocar a fusão do plástico e danificar a pintura existente. As dimensões a rebarbar são feitas por aproximação, considerando a fotografia comparativa do artigo anterior.

A montagem da saia é simples, basta recolocar a mola. Com esta alteração o movimento da saia quase não vai existir, eliminando o efeito pouco realista que existia anteriormente. Esta operação é para ser aplicada às restantes 3 saias da carruagem. Na fotografia 3 podemos comparar a saia antes e depois do desbaste e corte.

Segue-se a alteração das matriculas aplicadas, que descreverei na 4ª parte deste artigo.