free web
stats

CCO de Lisboa recebeu debate PNI 2030 para a ferrovia

PNI2013A sessão de trabalho e reflexão conjunta, com apenas a intervenção inicial de Pedro Marques aberta aos media, serviu para os intervenientes do modo de transporte e Tutela sectorial convidados abordarem o que poderá ser o investimento publico da próxima década na ferrovia.

A reunião, que decorreu no Centro de Comando Operacional da IP, insere-se na fase de audições. O Governo, no processo de reflexão em curso, quer apresentar até ao final do ano o Programa Nacional de Investimentos PNI 2030, sentido em que tem vindo a promover várias sessões sectoriais.

A ferrovia, num quadro de transportes e mobilidade, é uma das área considerada para investimentos estruturantes no horizonte 2030.

Entre os intervenientes convidados, para além do ministro do Planeamento e das Infraestruturas e dos anfitriões António Laranjo e Carlos Fernandes, presidente e vice presidente da IP, participaram na sessão temática representes de mais de meia dúzia de entidades.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.

Após a intervenção inicial, onde enquadrou a sessão temática e o trabalho que o Executivo está a desenvolver em torno da reflexão do PNI 2030, Pedro Marques delegou em Carlos Fernandes o pontapé de saída da reunião, com o enquadramento do modo ferroviário aos presentes.

A sessão de trabalho teve lugar na tarde de quarta-feira no Centro de Comando Operacional de Lisboa.