free web
stats

Turbulência à vista na CP: Revisão em Greve na segunda

Os trabalhadores das bilheteiras e revisores da CP vão estar em greve de 24 horas na segunda-feira, anunciou o Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI), esta sexta-feira.

Em causa está a contratação de 88 novos trabalhadores para a revisão e a negociação do contrato colectivo. Áreas onde não há avanços por parte da Tutela, e que o Sindicato quer ver desbloqueadas.

Esta paralisação, se não houver acordo entretanto, poderá ter reflexos na oferta CP. Os comboios de passageiros não podem circular sem um segundo agente com funções de segurança, papel também desempenhado pelos revisores.

A situação deverá levar à supressão comboios na oferta dos serviços urbanos, regional e longo-curso da CP.

Além do maquinista, nos comboios de passageiros da CP, o revisor assume o papel do segundo agente com funções de segurança. Ao revisor cabe nessas funções, por exemplo, dar ordem para fechar as portas ou servir de ligação entre os passageiros e as autoridades em situações criticas.

Na ausência do revisor, e se não existir alguém com essa função na composição, o comboio não pode circular e é suprimido. Segundo a CP os seus comboios só podem circular com dois agente de segurança.

Por outro lado, a ultima greve levantada pelos revisores gerou alguma polémica entre ferroviários. Na ocasião o fecho de portas e acompanhamento de comboios, promoveu algum atrito entre maquinistas e revisores.

Serviços mínimos nos comboios CP podem ser encontrados AQUI