free web
stats

ERA reconhece método de investigação do ex-GISAF

Agência Ferroviária da União Europeia identificou um método de investigação usado pelo modo ferroviário do GPIAAF como exemplo de boa prática a disseminar, informou o organismo publico português.

Em causa está um procedimento do GISAF, agora GPIAAF, utilizado na investigação de acidentes em Passagens de Nível (PN):

“A Agência Ferroviária da União Europeia considerou que o método desenvolvido pelo ex-GISAF e utilizado pelo GPIAAF relativamente à investigação da influência do encandeamento provocado pelo sol em passagens de nível, utilizado pela primeira vez na investigação ao acidente numa PN de nível em Estômbar, constituía uma boa prática inovadora e a disseminar”.

O reconhecimento, explica a entidade, levou à divulgação do método “entre os gestores de infraestrutura e organismos de investigação nos países do leste da Europa com maior índice de acidentes em PN, assim como noutros países a quem presta assistência”.

Ainda inserido no domínio das PN o GPIAAF disponibilizou o “Relatório final da investigação a “Colisão de comboio de passageiros com veículo pesado na PN 69,474 da Linha do Norte, em 08-11-2016“.