free web
stats

Pessoal da Revisão e Chefias Intermédias de Exploração Ferroviária em greve a 24 e 25

Os ferroviários da Revisão e Chefias Intermédias de Exploração Ferroviária vão parar nos dias 24 e 25 de Dezembro. O anúncio vem na sequência do arrastar de contratação de colaboradores e desbloquear a negociação do Acordo de Empresa e regulamento de carreiras.

Em causa está, avançou o Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI), a contratação de 88 trabalhadores para a revisão e bilheteiras. Uma necessidade reconhecida e aceite pela Tutela e CP, mas por cumprir desde Setembro de 2017.

Por outro lado é reivindicado um avanço face às propostas, colocadas a no inicio de Outubro, relativas ao Acordo de Empresa e regulamento de carreiras, junto da CP e Tutela.

O pré-aviso de greve é apresentado pelo SFRCI e pela Associação Sindical das Chefias Intermédias de Exploração Ferroviária (ASCEF).

A confirmar-se, se não houver um entendimento entretanto, soma-se à paralisação dos ferroviários a racionalização da oferta anunciada para 24 e 25 de Dezembro.

Entretanto

Aos Clientes a CP informa que caso “já tenham bilhetes adquiridos para viajar em comboios dos serviços Alfa Pendular, Intercidades, InterRegional, Regional e Celta, a CP permitirá o reembolso no valor total do bilhete adquirido, ou a sua revalidação, sem custos. Estes pedidos devem ser apresentados nas bilheteiras ou no formulário de contactos, até 10 dias após terminada a greve”.

O Tribunal Arbitral decretou serviços mínimos. Estão definidos comboios a realizar nos serviços urbanos de Lisboa e Porto.