free web
stats

IP conclui empreitada de beneficiação na Linha de Cascais

A Infraestruturas de Portugal (IP) reforçou as condições de circulação e segurança na linha de Cascais. A empresa deu concluída intervenção de beneficiação entre as estações de Parede e São João do Estoril.

Os trabalhos incidiram num troço com em cerca de 1,2 quilómetros e visaram a beneficiação integral da superestrutura de via, nesta que é uma das principais infraestruturas de transportes urbanos da área metropolitana de Lisboa, com aproximadamente 24 milhões de passageiros/ano.

A obra, cuja coordenação, gestão e fiscalização ficou a cargo do Centro Operacional de Manutenção Centro da Direcção da Rede Ferroviária da IP, decorreu integralmente em período noturno, sem comprometer a circulação regular de comboios, e contemplou os seguintes trabalhos principais:

• Substituição integral das travessas de madeira por travessas de betão monobloco;
• Substituição de carril e transformação de barra curta em barra longa soldada;
• Reposição do balastro e ataque mecânico pesado;

Esta intervenção, que garante desde logo a integração dos equipamentos instalados no futuro projecto de modernização da Linha de Cascais, assegura um importante reforço dos níveis de segurança e qualidade da via com reflexos diretos na:

- Melhoria dos níveis de conforto e comodidade para os passageiros;
- Melhoria dos indicadores de disponibilidade e fiabilidade da infraestrutura;
- Redução dos níveis de emissão de ruído com a eliminação das juntas mecânicas;
- Redução dos custos de manutenção.

A empreitada, que representou um investimento global associado de cerca de 685 mil euros, insere-se no plano de renovação da superestrutura de via da Linha de Cascais que tem vindo a ser desenvolvido pela IP.

No âmbito deste plano, em 2017 foi realizada uma intervenção no troço Cruz Quebrada – Caxias, no valor de 3,9 milhões de euros, e para os próximos dois anos estão programadas intervenções em diferentes troços entre Algés, Paço de Arcos e Santo Amaro de Oeiras, com um investimento estimado na ordem dos 3 milhões de euros