free web
stats

Grafiti no modo ferroviário – Mercadorias

medway_4700_A área do transporte ferroviário de mercadorias, onde actuam as empresas Medway e Takargo, enfrenta diariamente o impacto da pratica do grafiti que por vezes interfere na qualidade do serviço que disponibilizam.

A imobilização de vagões por causa da ocultação da numeração, ou de locomotivas por causa da falta de visibilidade em cabines de condução por não se conseguir ver a via, surgem como referência.

O reflexo embate na qualidade da oferta e no serviço. Se material circulante ficar indisponível até ser limpo, não pode ser utilizado. O mesmo acontece se for grafitado e tiver se ser limpo, além de que a limpeza acarreta custos para a empresa.

Dados apurados junto da Medway e Takargo, referem que o problema existe, é alvo de atenção, e entra nas contas anuais das empresas.

Os números fornecido pela Medway ainda não permitem ter uma ideia da tendência do custo anual alocado à prevenção e limpeza, ao contrário da Takargo onde é possível aferir que existe um incremento na tendência desde 2016.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.