free web
stats

Parque sul da Bobadela a concurso de concessão

contentoresA Infraestruturas de Portugal diz que não tem vocação para a gestão de terminais ferroviários mas ainda não é desta que coloca o seu espaço no Parque de Mercadorias da Bobadela a concurso.

Depois do Parque Norte, concessionado à ALB, o gestor de infraestrutura informa esta quarta-feira que está disponível para receber propostas no âmbito do Concurso Público para a concessão da exploração do Parque Sul do Complexo Ferroviário da Bobadela, publicado em Diário da República.

Trata-se da atribuição da concessão de exploração de uma área com 75.947 m², para a realização de cargas, descargas e armazenamento de mercadorias transportadas por caminho-de-ferro, bem como para todas as actividades associadas à logística de contentores, incluindo o parqueamento de contentores vazios, a sua inspecção e reparação.

A adjudicação terá um valor mensal nunca inferior 39 306,00EUR por mês por um prazo nunca inferior a 5 anos. A duração poderá ser estendida por duas renovações anuais.

“Se se verificar uma situação de empate entre propostas, será realizado um sorteio nas instalações da IP, em data e hora a designar”, lê-se no regulamento do concurso.

A ida a concurso implica o cumprimento das obrigações e níveis de desempenho estipuladas nas peças do procedimento do concurso.

Este espaço insere-se no concelho de Loures, numa zona adjacente à Linha do Norte, a sul do Parque Central da Bobadela.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.

Esta Concessão enquadra-se na estratégia da Infraestruturas de Portugal para a valorização do negócio dos seus terminais, seja directamente na actividade desenvolvida nesses espaços, seja no estímulo que, por essa via, é induzido no transporte ferroviário de mercadorias na Rede Ferroviária Nacional.