free web
stats

Os 26 anos das locomotivas LE 5600 no CEC

cec_encontro_ModDecorreu este sábado à tarde mais um encontro temático de modelismo ferroviário do C.E.C, Clube dos Entusiastas do Caminho-de-Ferro, dedicado aos 26 anos de serviços das locomotivas LE 5600.

Desta vez contou-se com a presença de 18 locomotivas 5600 à escala H0, modelos produzidos pela LIMA, ELECTROTREN e MEHANO, 1 locomotiva em  escala N da ARNOLD e outra, de modelismo estático, à escala 1/40. Na escala H0, havia um modelo preparado para circular em via MÄRKLIN, em alimentação AC.

O modelo à escala 1:40 do modelista Teodósio Nogueira

O modelo à escala 1:40 do modelista Teodósio Nogueira

O modelo estático foi produzido em balsa e materiais que possam concorrer para a reprodução fiel de veículos, chamou a atenção pelo detalhe. Mais uma máquina saída das mãos do modelista Teodósio Nogueira.

Ainda como referência do encontro apareceu o modelo BR 120 produzido pela Siemens, modelo MÄRKLIN. Na realidade foi a locomotiva de uma nova geração que serviu de base para a pesquisa e desenvolvimento da geração LE 5600.

mod_5600_2019

Quanto às composições formadas, a grande ausência no encontro de modelismo ferroviário que assinalou os 26 anos destas locomotivas foram os comboios de mercadorias.

Pelo contrário, a contrastar a falta de vagões face às inúmeras máquinas à escala H0 presentes e disponíveis para encabeçar composições de mercadorias, houve grande presença de comboios de passageiros para circulações em AC e DC. No desenrolar do encontro assinala-se a presença de uma composição Intercidades, de 10 carruagens Sorefame, modelos adaptados a partir de modelos da JOUEF e da LIMA, com decalques a ilustrar cinco gerações do serviço do longo curso CP. Um trabalho do modelista Eduardo Romão. Estas Adaptações de material serviram de base para recriar em carruagens de 1ª e 2ª Classe, com a disposição dos elementos distintivos usados pela CP em 88, 93, 2008 e 2016.

A primeira transformação do projecto "Adopt a kit"

A primeira transformação do projecto “Adopt a kit”

Recentemente, no seguimento dos trabalhos de modificação e melhoria da maqueta do clube a fim de se obter um ambiente português e curvas mais adaptadas aos modelos mais modernos, foi lançado um desfio aos sócios do clube para a transformação de kits, de edifícios ou estruturas que o clube tem na sua colecção, ao ambiente português. O projecto de nome “Adopt a kit” pretende recuperar kits mais antigos sem qualquer utilidade actual, em modelos portugueses que possam vir a fazer parte da maqueta final. Foi apresentado no clube o primeiro edifício resultante desta transformação, que será um edifício de pernoita para ferroviários e outros serviços, numa estação qualquer das muitas que pelo país tiveram este tipo de instalações. Por curiosidade, a transformação foi obtida a partir um um velho kit da LIMA. Mais pormenores, podem ser obtidos no sitio da internet do clube.