free web
stats

Grafiti no modo ferroviário – Associativismo

cec_grafitiDada a visibilidade e extensão a parede branca do edifício onde se situa a sede do Clube de Entusiastas dos Caminhos de Ferro, apresenta-se como uma tela apetecível para quem pratica o grafiti.

Não raras vezes surge, de um dia para o outro, novo trabalho de “artista” na parede, num misto de marcar território e levar a sua arte a um publico vasto.

A tela tem como principal auditório o grande volume diário de passageiros dos comboios do serviço urbano, regional e longo curso da CP.

A que se soma um publico internacional, quando os dias ficam maiores, à passagem do Lusitânia e Sud Expresso.

Só que a disponibilidade do “artista” não é bem vista pela associação. E na fachada da área ocupada, no edifício, a associação faz questão de não dar alento à prática. Pegam em tinta branca e cobrem o grafiti.

De acordo com o antigo presidente da associação, o Sr. José Pinheiro, manter a fachada limpa é uma responsabilidade do Clube.

Por isso há, entre o acervo ferroviário, pincéis, rolos, tina e lata de tinta branca para remediar as situações de grafiti.

Um desse momentos, registado pela webrails.tv, teve lugar este sábado.