free web
stats

IP assina novo contrato para Corredor Internacional Sul

A Infraestruturas de Portugal procedeu à assinatura do contrato com o consórcio Sacyr Somague, S.A. / Sacyr Infraestructuras, S.A., para a construção do novo troço ferroviário entre Alandroal e a Linha do Leste. A secção integrará o futuro Corredor Internacional Sul.

A obra tem um orçamento de 130,5 milhões de euros, e é desenvolvido no âmbito do Programa Ferrovia 2020.

Os trabalhos contemplam a construção de um subtroço com 38,4 quilómetros da nova Linha de Évora, envolvendo, entre outros, a execução dos seguintes trabalhos:

- Construção de infraestrutura de via-férrea, incluindo terraplenagem, sistema de drenagem
- Criação de uma estação técnica
- Construção de 13 novas Pontes e viadutos ferroviários:
- Ponte de Alcalate – 435 metros de extensão
- Ponte de Pardais – 785 metros de extensão
- Viaduto da Asseca – 239,4 metros de extensão
- Ponte da Asseca – 644 metros de extensão
- Viaduto da Freira – 380,2 metros de extensão
- Ponte de Mures – 510 metros de extensão
- Viaduto da Capela – 494 metros de extensão
- Viaduto do Sobral – 314 metros de extensão
- Ponte sobre a Ribeira de Varche – 575 metros de extensão
- Ponte sobre a Ribeira de Mosqueiros – 330 metros de extensão
- Ponte sobre a Ribeira de Cancão – 750 metros de extensão
- Ponte sobre a Ribeira da Lã – 558 metros de extensão
- Viaduto sobre a A6 na Ligação à Linha do Leste – 201 metros de extensão
- Construção de 26 Obras de Arte para a criação de desnivelamentos rodoviários
- Execução de caminhos paralelos e caminhos de acesso e emergência contiguo
- Vedação do Canal Ferroviário
- Trabalhos preparatórios para a colocação de sistemas de Retorno de Corrente de Tração e Terras de Proteção (RCT+TP), telecomunicações, catenária e sinalização.

O novo troço da Linha de Évora, constituído pelos troços Évora Norte/Freixo, Freixo/Alandroal e Alandroal/ Linha do Leste, terá uma extensão total de cerca de 100 quilómetros, 80 dos quais de construção nova, em via única Eletrificada (25 kV-50 Hz), numa segunda fase, sobre plataforma para via dupla, ainda sem data para construção, balastrada com carril UIC60 e travessa de betão polivalente (preparada para receber a bitola europeia).

De referir que em Abril, para o Corredor Internacional Sul, a Infraestruturas de Portugal procedeu à assinatura do contrato com a MOTA-ENGIL, Engenharia e Construção, S.A., para a construção do troço ferroviário entre Freixo e Alandroal.

O contrato assinado com o consórcio Sacyr Somague, S.A. / Sacyr Infraestructuras terá agora, antes de chegar ao terreno, de passar pelo Tribunal de Contas para a instituição dar o seu parecer.

O presente contrato será objeto de apoio da União Europeia através do programa Connecting Europe Facility (CEF), ao abrigo de contratos de cofinanciamento com comparticipações que variam entre 40 e 50%.

IP/WRTV