free web
stats

Angola prepara-se para comprar novas locomotivas

Ang_CFAAngola vai comprar, a partir do segundo semestre deste ano, locomotivas do constructor de material ferroviário americano General Electric (GE). Anunciou em Luanda, o director do Instituto Nacional do Caminhos de Ferro de Angola (INCFA), Júlio Bango Joaquim.
Em declarações à imprensa, no final da audiência que o ministro dos Transportes Augusto da Silva Tomás concedeu ao presidente da GE, Jeff Immelt, o director do INCFA refereriu a necessidade de Angola adquirir novas locomotivas. Com particular interesse para optimizar o transporte de mercadorias no transporte de minérios.
Para se ter uma ideia das necessidades do investimento num novo parque de tracção, o responsável angolano referiu o ano de 1976 no Caminho de Ferro de Moçâmedes (CFM). À data, no CFM, o transporte de minério era servido  aproximadamente por 72 locomotivas. Entre a Jamba mineira e de Chamutete, até ao porto do Namibe.
Justificou também o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido na reabilitação das linhas férreas do país. E a pressão exercida pelo mercado, em particular o transporte de mineiros, que impõe um aumento na capacidade de tracção.
Júlio Joaquim afirmou ainda, que o preço de uma locomotiva ronda os 200 milhões de kwanzas.  Por ser uma encomenda avultada os pedidos e entregas,  serão feitos de forma faseada. Acrescentando que já no final deste ano a empresa americana poderá começar a realizar as primeiras entregas.
O director do INCFA informou também, que o fabrico de uma locomotiva pode durar pelo menos oito meses, e inclui cooperação da GE na formação de quadros, no manusear das máquinas, e  assistência técnica.