free web
stats

Menos oferta na Linha de Sintra este verão

De maneira semelhante ao ano passado, a CP vai implementar um horário de verão na Linha de Sintra. Este novo plano de oferta vigorará entre o dia 23 de Junho e o dia 7 de Setembro.

A oferta será reduzida em hora de ponta a partir do Rossio. Se atualmente a família Rossio/Meleças é composta por 4 comboios por hora, a partir de dia 23 passa a ter apenas 2 comboios por hora.

A família Rossio/Sintra fica idêntica com 2 comboios por hora. Por consequente, no eixo comum Rossio/Cacém a oferta passará de 6 comboios por hora, ou seja intervalos de 10 minutos, para 4 comboios por hora, com intervalos de 15 minutos.

Em contrapartida, a CP assegura que todos os comboios passarão a ser efetuados em múltiplas contrariamente à situação atual. A oferta de lugares fica por isso, supostamente, idêntica.

Se em 2018, o ajustamento da oferta foi motivado pela falta de material circulante devido às dificuldades operacionais da EMEF, este ano tudo aponta para que seja a falta de pessoal operacional da CP, nomeadamente maquinistas e revisores.

Com efeito, a partir de dia 16 de Junho, várias bilheteiras da Linha de Sintra vão ser encerradas ou ter os seus horários reduzidos devido à falta de pessoal comercial.

A empresa lembra que estes trabalhadores comerciais das bilheteiras também podem acompanhar comboios, o que permite suprir a falta de revisores.

Segundo o Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI), com base num mail interno da CP, encontram-se na lista as estações de Benfica, Reboleira, Portela de Sintra, Meleças, Alhandra, Amadora e Cacém.

Vislumbram-se também reduções no atendimento na Linha de Cascais.