free web
stats

Fabricantes nacionais trazem tarde animada à sede do CEC

mod_EAlo_FerroAfundo

Vagão Ealo “Ferro a Fundo” em três versões. Vazio, com madeira tratada e com madeira sem tratamento.

O Clube de Entusiastas do Caminho de Ferro (CEC) promoveu este sábado, seis de Julho, na sua sede em Braço de Prata mais um encontro de modelismo ferroviário temático.

A tarde de animação à escala teve como tema “Modelos de Fabricantes Nacionais” e juntou – entre associados, aficionados pela temática e fabricantes nacionais -  mais de três dezenas pessoas.

Ao nível dos fabricantes assinala-se a presença de representantes das marcas Ferro a Fundo, JG Modelismo e PT Trains.

A maqueta do CEC contou com a animação de peças das marcas Sudexpress, Arlo Micro Model, Ferro a Fundo, JG Modelismo, Norbrass e RT Trains.

Ainda no terreno avistaram-se, em parque ou em tracção de composições, duas locomotivas diesel de fabrico norte americano. Uma Alco e uma MLW.

mod_arlo_micro_model_caixa

Caixa original da “Arlo”

Por detrás desses modelos, que reproduzem a época de ouro do diesel em Portugal, estão transformações de marcas mais ou menos conhecidas.

Na caso da CP 1500 está um modelo Mehano (Mehano Tecnik), e na CP 1550 um modelo do fabricante brasileiro Frateschi.

Ao nível dos fabricantes nacionais não houve surpresas. Embora existisse alguma expectativa a propósito de protótipos que não se verificaram.

O produtor da marca Ferro a Fundo deu a conhecer mais de perto 3 vagão Ealos do portefólio. O material rolou na maqueta tal como as versões curta e longa da Nohab da JG Modelismo.

A PT Trains, ao contrário do que se poderia esperar, num evento em que uma das características principais é estimular a ligação entre fabricantes e entusiastas, não levou nenhum peça do portefólio para mostrar aos presentes.

mod_frateschi_1550

1550 resultante de um modelo Frateschi

No entanto foi referido, sem revelar mais, que em Setembro a marca conta apresentar novidades.

Próximos encontros na sede do CEC

O futuro dos próximos encontros na sede do Clube de Entusiastas do Caminho de Ferro, de Setembro até ao final do ano, são ainda uma incógnita.

O Clube anunciou no “Sobre Carris”, boletim informativo das actividades da associação, que vai mudar de sede. A deslocação será de poucos metros, para o hall da estação de Braço de Prata.

A após a mudança e até a situação estar normalizada será complicado haver encontros mensais. Mais avanços sobre este assunto podem ser acompanhados na página do Clube.