free web
stats

IP vai intervir na linha da Beira baixa

O gestor de infraestruturas rodo-ferroviárias Infraestruturas de Portugal informou que a linha da Beira Baixa vai ser alvo de reabilitação de via em cinco troços.

A Infraestruturas de Portugal vai dar início a uma intervenção de reabilitação de via em cinco troços da Linha da Beira Baixa, localizados entre o quilómetro 13,195, em Abrantes no distrito de Santarém, e o quilómetro 53,422 em Vila Velha de Ródão, distrito de Castelo Branco.

A empreitada de beneficiação, a cargo da Somafel, tem o prazo de execução de 120 dias e envolve um orçamento de 3 milhões de euros.

Refere a empresa que 1,4M€ correspondente ao valor de adjudicação da empreitada e 1,5M€ relativo ao custo associado aos materiais a serem aplicados e que serão fornecidos pela IP.

Assinala-se  na intervenção, de acordo com dados fornecidos pela IP, a colocação de carril em barra longa soldada, a substituição integral das travessas de madeira por travessas de betão bibloco.

As travessas de madeira das pontes da Foz da Figueira (km 51,235) e da Foz do Açúcar (km 52,045) localizadas em Fratel, concelho de V. Velha de Ródão, serão substituídas.

A via será ainda alvo de desguarnecimento, reposição do balastro e ataque mecânico pesado, e o sistema de drenagem alvo de beneficiação em toda a extensão do troço.

Esta intervenção tem como principais objetivos o reforço dos níveis de segurança, qualidade e disponibilidade da infraestrutura, beneficiando as condições de conforto e comodidade para os utilizadores da Linha da Beira Baixa.

Os trabalhos, de modo a minimizar os impactos na circulação ferroviária, está programados para ocorrer em período nocturno.