free web
stats

Passageiros: Porto lembra que liberalização é mais que uma palavra

TeN_alargar_horizontes_A cidade do Porto recebeu na manhã de quinta-feira, 19 de Setembro, o Seminário Alargar Horizontes levantado pela publicação Transportes & Negócios, dedicado à ferroviária de passageiros e mercadorias.

No primeiro caso levantou o tema da liberalização do transporte de passageiros, no segundo colocou em foco o ecossistema que se mexe em torno dos terminais rodo-ferroviários de mercadorias.

Pelo meio ficou uma manhã que deslustra o modo de transporte no segmento dos passageiros e muitos dos intervenientes do sector.

A pouco mais de três meses de um momento de viragem se a Transportes & Negócios não pegasse no tema, o sector ainda não tinha abordado o assunto com dimensão.

Com menos mácula, nas mercadorias, o debate foi ao encontro da escala e oferta do ecossistema. Ambiente em que a Takargo pode ver decrescer o número de parceiros, e a Medway uma maior preponderância dos operadores logísticos da Holding na sua actividade.

.

No final da Seminário a webrails.tv falou com Fernando Gonçalves, produtor Alargar Horizontes – Ferrovia, sobre o evento.

O jornalista da plataforma de informação especializada em transportes Transportes & Negócios, começou por comentar a citação “Um painel histórico”, com que o moderador Manuel Tão encerrou o primeiro quadro de debate da manhã.

.

 

Compuseram a Mesa Redonda – Mercado de passageiros à espera de novos players – João Carvalho, presidente da AMT, Pires da Fonseca e Rui Silva, respectivamente dos grupos Arriva e Transved. A moderação esteve a cargo do professor Manuel Tão.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.