free web
stats

“O comboio do Papa – A última viagem do comboio pontificio-frosinone 1863”

o_comboio_do_papaEstá disponível em português “Il treno del papa. L’ultimo viaggio del treno pontificio (Frosinone 1863)”, de Costantino Jadecola.

O lançamento da edição na língua de Camões teve lugar sábado, 27 de Setembro, na Sala do Rei, na estação do Rossio.

A apresentação de “O comboio do Papa – A última viagem do comboio pontificio-frosinone 1863”, esteve a cargo do antigo director do Museu Nacional Ferroviário, o professo e investigar Jorge Custódio.

Na introdução à obra, que tem como cenário o pontificado de Papa Pio IX e uma Itália ainda por unificar, referiu que composição papal era idêntica à dos monarcas da época.

As carruagens de luxo, referiu, foram construídas nas mesmos casas onde príncipes e réis da época encomendaram o seu material circulante.

O comboio, uma “Igreja sobre rodas”, é formado por três carruagens, explicou à webrails.tv Paolo Silvi, presidente da Associação Apassiferrati.

A histórica composição chegou até aos nossos dias. Está conservada em Roma, no museu ferroviário no museu ferroviário Centrale Montemartini, onde pode ser visitada.

Ainda de acordo com o dirigente associativo, com a dimensão religiosa a tornar a publicação universal, a edição portuguesa pode ser encarada como um termo de comparação para a produção de publicações ferroviárias em Portugal.

Costantino Jadecola, o autor do livro, nasceu em 1940, além de investigador seguiu a carreira de jornalista. As suas publicações documentais, além de ferrovia, desenvolvem temas bélicos e de resistência no teatro de operações italiano da segunda grande guerra.

O lançamento ocorreu na Conferência “A Ferrovia e a Cultura”, um evento integrado no programa cultural desenhado pela ferrovia portuguesa para as Jornada Europeias do Património, que decorreram entre 27 e 29 de Setembro de 2019.

O livro pode ser adquirido via Associação Apassiferrati ou Transportes em Revista