free web
stats

Esclarecimento CP a propósito de mobilidade reduzida nas 2240

Publica-se abaixo a resposta, entretanto recebida, da CP Comboios de Portugal aos esclarecimentos solicitados pela webrails.tv para o artigo “Mobilidade Reduzida: CP estuda acesso nas 2240″.

Em resposta às questões colocadas, esclarecemos:

A instalação de equipamento (elevador) de acesso a pessoas com mobilidade reduzida nas UTE 2240, é um projeto que se insere no âmbito das medidas que a CP tem vindo a adotar e que defendem e promovem a acessibilidade aos serviços da empresa, por todos os cidadãos com necessidades especiais.

O processo está numa fase de Concepção e Projecto, com vista à instalação de um protótipo, para realização dos respectivos ensaios e validação da integridade do Projecto e o estudo da solução está centralizada numa equipa multidisciplinar de técnicos da CP e EMEF.

Tratando-se de uma adaptação de material circulante já existente, nesta fase, o acondicionamento do equipamento disponível no mercado, no espaço do átrio de um dos veículos reboque da Unidade, permitindo o embarque de pessoas com mobilidade reduzida em ambos os lados da UTE.

Bem como a definição do interface de comando, controlo e informação entre o elevador de cadeira de rodas e o comboio, para que a operação decorra em perfeitas condições de segurança e de forma, prática e fiável, são os aspetos que requerem maior atenção.

O planeamento para execução desta modificação na Série aponta como objetivo concluir o processo de instalação no ano de 2022.

A webrails.tv solicitou à CP informação relativa ao ponto de situação do processo, onde a solução está em testes e quais os principais desafios.