free web
stats

Ligação aérea Bragança/Portimão

Está assinado o novo contrato de concessão para a exploração de serviços aéreos na rota Bragança/Vila Real/Viseu/Cascais/Portimão, com a operadora aérea Sevenair SA (anteriormente denominada Aerovip), que mantém-se assim como concessionária por um novo período de quatro anos.

Este contrato, assinado a 17 de outubro de 2019, resulta do concurso público com publicidade internacional lançado em dezembro de 2018, após terem sido fixadas as obrigações de serviço público para essa rota, garantindo os padrões adequados de continuidade, regularidade, qualidade, quantidade e preço.

O valor das indemnizações compensatórias ascende € 10 399 962,17 para o período de 4 anos.

Com esta ligação entre o norte e o sul, o interior e o litoral é possível chegar de Bragança a Portimão em 2h35, com uma tarifa (discount) de 47 euros, ou, por exemplo ir de Viseu a Cascais em 40 minutos e com uma tarifa (discount) de 35 euros.

Esta ligação visa mitigar a interioridade e combater as assimetrias regionais, conferindo os mesmos direitos e oportunidades existentes no litoral aos habitantes de Bragança, Vila Real ou Viseu.

Nos últimos anos as ligações rodoviárias nesta zona do país melhoraram bastante, nomeadamente com a construção do túnel do Marão. No entanto, o norte e o interior do país carecem de ligações rápidas ao litoral, pretendendo-se com esta ligação aérea dar uma efetiva resposta às necessidades de transporte dessas populações.

O contrato será agora submetido a processo de fiscalização prévia do Tribunal de Contas, continuando no entretanto a operadora aérea a explorar essa rota ao abrigo de um ajuste direto celebrado para o período estritamente necessário à obtenção de visto.

MIH