free web
stats

Passageiros : Liberalização vista por ferroviário próximo da Arriva

piresFOnsecaFoi um auditório composto da SRS – Advogados em Lisboa que se mobilizou na manhã de quinta-feira para ouvir falar José Pires da Fonseca, sobre liberalização do transporte ferroviário de passageiros em Portugal.

Na sessão, tiro de partida para a 4ª série do Ciclo de Palestras – Mobilidade, despiu a pele de presidente da Arriva Portugal, para apresentar o ponto de vista do ferroviário Pires da Fonseca, sobre o cenário português.

O quadro do modo de transporte tem no seu currículo o lançamento do primeiro operador ferroviário de mercadorias privado português, a Takargo.

A empresa do grupo Mota-Engil investiu, só em material, 100 milhões de euros para começar a realizar comboios, programados anualmente no Directório de Rede, a partir de 2006.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.

O Ciclo de Palestras MOBILIDADE, na 4ª edição, é produzido pela parceria que junta a publicação especializada Transportes em Revista e Sociedade de Advogados SRS.