free web
stats

MODELISMO: o que podemos esperar de novos modelos para 2020

Neste início de 2020, e após conversas com fabricantes, fazemos aqui um apanhado do que os modelistas poderão esperar de novidades confirmadas de modelos para o mercado português. Esta informação é necessariamente incompleta pela impossibilidade de contactar alguns dos fabricantes mais pequenos do mercado português. No entanto estamos abertos a, em novos artigos, completar esta informação desde que nos façam chegar os dados necessários para isso.

Mod_CEC_IMG_6489

Foto João Augusto

Começando pela Sudexpress Scale Model Trains, vão continuar os programas dos vagões plataforma LAAGRSS e SGNSS, nas suas segundas e terceiras séries de numerações, confirmado também que está o início da comercialização das plataformas SGS no final do primeiro trimestre. Relativamente às carruagens Sorefame, todo o esforço está a ser feito para que o primeiro conjunto apareça ainda em Fevereiro e os restantes ao longo do segundo trimestre. Não foram confirmadas mais novidades ao nível dos modelos de mercadorias nem de passageiros durante 2019, realçando o fabricante o sucesso em mercados estrangeiros dos LAAGRSS e dos SGNSS.
Quanto ao programa de locomotivas, a Sudexpress luta por continuar a comercialização do seu último modelo para o mercado português, as locomotivas das séries 2500 e 2550 que irão entrar no quarto ano de comercialização. Infelizmente este este projecto não foi um projecto com sucesso comercial, pelo tempo bastante longo que tem levado a escoar a primeira série, apesar do excelente resultado modelistico, inviabilizando a produção de novos números nas suas mais variadas versões assim como inviabiliza a continuação de novos projectos de locomotivas em plástico dedicadas só ao mercado português, nomeadamente o da locomotiva 1900.

Foto Arlo-Micromodel

Foto Arlo-Micromodel

A Arlo-Micromodel, concluiu em 2019 um processo profundo de remodelação da sua oficina de produção e dos seus meios de produção contando actualmente com mais avançados meios de corte a lazer, embora mantendo a sua produção estritamente artesanal. Entra em 2020 em velocidade de cruzeiro nas entregas da sua bem sucedida locomotiva 1900 e também bem sucedidas carruagens B600, introduzindo a versão inicial da pintura. A isto junta a disponibilização de cada vez mais de pequenas peças de aperfeiçoamento e detalhe de modelos que começaram a ser comercializadas em 2019. Se tudo correr como está previsto, a produção e entrega destes 2 modelos em várias versões, anuncia um novo modelo de locomotiva para o final do ano, mas mantém em segredo qual será.

Foto PT Trains

Foto PT Trains

Do novo fabricante PT Trains, está confirmada a produção da segunda série dos seus espectaculares contentores de 20 e de 40 pés para o final do primeiro trimestre de 2020, com reedições, novas referências e novas marcas logísticas. Ainda na área de contentores, está confirmado para o final do primeiro semestre o inicio da comercialização de contentores open-top de 20 pés, projecto que está concluído com progresso na prototipagem. O vagão plataforma SGNSS irá aparecer com contentores em Setembro ou Outubro e se tudo correr bem do ponto de vista de projecto e produção, contam produzir para o Natal de 2020 os contentores de 45 pés muito usados no tráfego da Europa Central, a partir do Porto de Roterdão. A composição militar anunciada no catálogo publicado em 2019 só verá à luz do dia em 2021.

Não podemos esquecer que ainda estão disponíveis e em comercialização as também excelentes locomotivas da CP da série 1320, produzidas pela Mabar para a ComboiosEléctricos.com, comercializadas em novas numerações.

O protótipo da ambulância postal da Modelismo Artesanal - Foto João Augusto

O protótipo da ambulância postal da Modelismo Artesanal – Foto João Augusto

Espera-se também a comercialização da ambulância postal da Modelismo Artesanal. Segundo um post recente na página de Facebook do artesão, esta comercialização far-se-á, para já, em kit. Como explicado no post, pelas dificuldades de dimensão e dos tempos necessários para entregar um produto de qualidade, implicaria longos prazos de entrega, conduzindo naturalmente a uma frustração dos modelistas interessados e ao atraso de novos projectos. Como no passado a comercialização também em kit da dresina da Refer e do eléctrico da Carris foi um sucesso, este facto sustenta esta decisão estratégica da marca. Este princípio também se aplicará à automotora Allan CP 350. Não estão postas de lado entregas de modelos montados, mas sem prazo de entrega previsto.
Uma informação que consideramos importante, é a de que a Modelismo Artesanal, em termos de material circulante ir-se-á concentrar na via estreita portuguesa, conforme muitos pedidos recebidos.
Relativamente aos kits de ambiente português, novas produções ir-se-ão basear nas sugestões dos modelistas, como até aqui, priveligiando também as entregas em kit para montar relativamente a produtos acabados.

Foto Electronic Models

Foto Electronic Models

Finalmente nesta resenha de início de ano, não poderíamos deixar de falar na Electronic Models. Segundo João Fernandes, a ideia para 2020 é continuar na actual progressão que a marca tem tido. Haverão certas peças que terão um upgrade para melhorar a qualidade das mesmas (como é o caso da introdução de cabos FFC/FPC) e outras completamente novas, que farão parte de um projecto em parceria com outra marca. No sentido inverso, os decoders passarão para segundo plano e não serão aposta para 2020, mantendo apenas a aposta na produção de peças próprias.

Resumindo, 2020 poderá ser um ano com muitas aquisições em perspectiva, sejam os prazos anunciados cumpridos pelos fabricantes. Bom Modelismo em 2020 para todos!