free web
stats

Passam o tempo a engraxar o Presidente…

Pontes Correia ao lado de Carlos Frazão, já falecido, e Rita Martins. A melhor administração que a EMEF teve e que esteve na origem da carreira do actual presidente da CP, Eng. Nuno Freitas e do responsável da Nomad Tech Eng. Costa Franco.

Foi preciso o Director “maldito” da CP, Pontes Correia, vir repor a verdade. A comunicação e imagem da CP, assim como, outros idiotas que só sabem puxar o lustro a todos os sapatos de Presidentes da CP nada fizeram. Partilho o esclarecimento deste meu grande amigo, e um dos melhores profissionais da Empresa, para quem a verdade está acima de tudo e, por isso, é sistematicamente prejudicado e mal tratado, inclusive por esta administração.

“CP – 124 Diretores – A verdade da mentira

O CM, JN, Jornal Económico, etc, deram ampla divulgação a uma inverdade. Esperei, até hoje, que a Comunicação da CP fizesse (bem) o seu papel e clarificasse a verdade das nomeações. Não o fez, mais uma vez, e por isso porque me ofendem as falsas notícias ou, como aprendi com um velho amigo, há que não confundir a nuvem com Juno.

Na CP existem vários níveis de chefias, a saber, Diretor, Departamento, Divisão, Serviço e Setor.

Quando tendenciosamente falam em 124 “Diretores”, obviamente que aquele número diz respeito aos 5 níveis de chefias, mas isso já não era notícia e para os maldizentes não havia “carnuça podre” onde se esfregarem.

Consideremos ainda que hoje a CP terá cerca de 5.000 funcionários, resultante da incorporação da EMEF na CP. Os ditos 124 representam apenas 2,48% da totalidade. Mas mesmo que fossem o dobro, representariam 5%. É este o escândalo, acham muito?

Sinceramente sejam honestos e sérios. Quando não se tem mais nada, em Portugal, diz-se mal de tudo e de todos, só para fazer manchetes e vender papel.

Francisco Fortunato