free web
stats

CP com dois casos confirmados

A Direcção de Operações da empresa de transporte ferroviário de passageiros CP Comboios de Portugal conta com dois casos confirmados de Covid 19.

Um revisor da região do Porto e um maquinista da Linha de Cascais. Os trabalhadores em contacto com o primeiro já se encontram em quarentena.

Na linha de Cascais, o caso soube-se esta sexta-feria, estão a identificar as pessoas da rotina do maquinista, para serem colocadas em quarentena.

Na sequência do teste positivo do revisor a CP decidiu vedar o acesso dos operadores de revisão à cabine dos comboios.

Se os operadores de revisão não podem estar junto ao maquinista a webrails.tv perguntou à CP onde podem viajar sem estar a uma distância de segurança do contacto próximo com os passageiros.

Questionou a CP sem sucesso até ao momento. No entanto, contacto do sector, refere que podem sempre viajar na outra cabine.

Outra situação apurada tem a ver com os trabalhadores mais velhos anos em situação de contingência.

Estão abrangidos alguns dos profissionais, nomeadamente aqueles com mais de 60 anos e que tiveram problemas oncológicos.

No entanto nos urbanos de Lisboa foi referido que o plano diz que só se os comboios estiverem a 50% é que alguns dos trabalhadores com mais de 60 anos vão para casa.

Sendo que mesmo assim o plano diz que poderão ser chamado para trabalhar.

A webrails.tv procurou confirmar junto do operador, sem sucesso até ao momento, o apurado.

Entretanto, e pese as acções de sensibilização, que mostram o esforço da empresa em ter o material limpo, junto dos trabalhadores há queixas que falta gel desinfectante, para os profissionais e passageiros.

Nas estações as pessoas mexem nas máquinas, portas e o corrimão, partes onde é apontada a necessidade de produto. Devia haver e não há, é relatado.