free web
stats

Companhia Sul Africana expande actividade para Moçambique

carrilComo parte do plano de expansão em território  moçambicano, o Grupo Sul Africano Aveng abriu representação na cidade de  Maputo. Revelou o grupo em comunicado no passado dia 15 de maio.

A companhia  procura assim responder ao rápido crescimento económico que se vive em Moçambique. Através da intenção de construir uma fábrica na província de Téte, pretende fornecer materias para os grandes empreendimentos em construção, ou identificados pelo estado, naquele país africano. A unidade fabril a construir, tem previsto fornecer cerca de 130 mil travessas para o caminho-de-ferro por ano, e conta  empregar cerca de um milhar de pessoas.

De acordo com um dos responsáveis da empresa sul africana “ Moçambique está a viver um dos mais excitantes momentos da sua história, com crescimento sustentado, uma oportunidade para todos os moçambicanos”.

Para a Aveng, apesar do desenvolvimento económico, as infraestrutura do país encontra-se em mau estado. E isso representa oportunidades para o desenvolvimento de portos, vias rodárias e corredores ferroviários.

Foi recentemente adjudicado à Aveng um contracto para o Projeto Corredor de Nacala, que implica a realização de obras de terraplanagem, drenagem e construção de pontes sobre uma seção 62,5 km de via-férrea.