free web
stats

Metro de Lisboa realiza mais uma ação de desinfeção por nebulização elétrica em carruagens e estações

No âmbito das ações que têm vindo a ser adotadas para reforço das medidas de limpeza e higienização o Metropolitano de Lisboa realiza a sexta ação de desinfeção por nebulização elétrica, através da aplicação de produto, em toda a frota de material circulante e estações, com especial incidência nos locais de contacto dos passageiros, tendo em vista a redução de risco de contaminação e contágio da COVID-19.

Esta ação terá lugar nos dias 6 e 7 de agosto em toda a frota de material circulante, e nos dias 16, 17, 18, 19 e 20 de agosto em todas as estações da rede do Metropolitano de Lisboa.

Estão previstas realizar mais quatro ações de desinfeção deste tipo, à cadência de uma por mês, estando contratualizado o serviço até ao final do ano de 2020. Poderá ser ponderado a realização de mais ações idênticas, caso a situação pandémica se venha a manter em 2021.

O produto aplicado tem uma ação prolongada, mantendo-se ativo o efeito biocida até 30 dias. Recordamos que a primeira aplicação ocorreu a 14 de março.

Recorde-se que nos comboios o desinfetante está a ser aplicado nas cabinas de condução do maquinista e nas carruagens, nomeadamente nos bancos, varões, pegas, vidros e outras superfícies. Nas estações, a desinfeção realiza-se nos corrimãos das escadas fixas e mecânicas, mobiliário de estação, máquinas automáticas de venda de títulos, cabinas e postos de venda, linhas de controle, elevadores e outras instalações.

Para além destas ações mensais de limpeza, o Metropolitano de Lisboa continua a reforçar a limpeza diária das instalações e das zonas mais críticas de contacto com o público e com os seus trabalhadores, a qual não interfere com as referidas ações de desinfeção. A empresa está a realizar, igualmente, desde o dia 04 de maio, o reforço da limpeza das pegas e varões e outras superfícies de maior contacto no interior dos comboios em circulação, no período compreendido entre a hora de ponta da manhã e a hora de ponta da tarde, em todas as linhas.

O Metropolitano de Lisboa, com o conjunto de medidas internas e externas já implementadas, continua a dar cumprimento às instruções emanadas pela sua Tutela e pela Direção Geral de Saúde, em alinhamento com as melhores práticas implementadas noutras empresas congéneres e instituições nacionais e internacionais.

ML