free web
stats

Caminho de ferro grego interessa ao operador russo RZD

img : K. Krallis

img : K. Krallis

O Presidente Vladimir Putin deu instruções ao governo russo para tomar posição na privatização de activos estratégicos gregos, como o porto de Tessalónica, o operador ferroviário OSE, e  oficinas Rosco.

A RZD já solicitou autorização ao estado russo para comprar estes activos, como parte de interesses estratégicos da Russia na Europa. O valor inicial para estas três companhias encontra-se acima dos 140 milhões de euros.

Existe a possibilidade de que os fundo para o negócio sejam financiados pelo governo russo. Em cima da mesa existe uma outra opção, que envolve uma parceria no investimento com os franceses da SNCF.

Se o negócio avançar, a RZD vai ter uma oportunidade singular para combinar operação portuária e ferroviária na Grécia, com investimentos em infraestruturas na Sérvia,   o saber da recente aquisição  do operadorador logístico  GEFCO logistics, e incrementar  tráfego no corredor de transportes da UE.

Os activos estratégios não interessanm só a russos, segundo o responsável da RZD Vladimir Yakunin, existem mais interessados, China, França e Estados Árabes, podem vir a concorrer também.