free web
stats

Mostra sobre a Linha da Beira Alta termina em Março

a4É já dia 2 de março que termina a Mostra Iconográfica e Documental dedicada aos 130 da Linha da Beira Alta, patente na  Biblioteca Tomaz Ribeiro, em Tondela. A Exposição já passou por Carregal do Sal, onde teve o seu inicio, e Mangualde. O promotor da iniciativa é Lino Dias, um antigo ferroviário da Linha da Beira Alta, que amavelmente nos respondeu a algumas questões.

a7
webrails.tv – Como se tornou possível a exposição ter chegado a Tondela? Uma vez que tem sido muito solicitada será que vamos poder ter mais oportunidades de ir ao encontro da História e memórias da Linha da Beira Alta?
Lino Diasa8A mostra da exposição em Tondela partiu de vontade da directora da Biblioteca Municipal Tomaz Ribeiro, Dra Luísa Melo, que me falou nessa hipótese quando me cedeu alguma colaboração de acervo daquela biblioteca para a mostra de comemoração dos 130 anos da Linha da Beira Alta que promovi no Museu Municipal de Carregal do Sal de 25 de Agosto a 27 de Outubro de 2012.
Quanto à segunda questão, não tenho mais qualquer outro local agendado, apesar de da parte da Câmara Municipal de Tondela, da Câmara Municipal de Santa Comba Dão e do IPJ de Viseu me terem sondado quanto à possibilidade de terem lá a exposição. Como lhes disse que primeiro teria de estar em Mangualde e Tondela, talvez tenha deixado de haver interesse em tê-la lá. Não tomarei qualquer iniciativa, pois não ando a colher louros, só traz incómodo e despesa, mas faço-o da melhor vontade, acedendo à gentileza dos convites.
a5
webrails.tv - Pelo caminho, já viajou também a exposição, podemos encontrar peças exclusivas de Tondela? E do  acervo que apresenta a quem visita a exposição, destaca alguma peça?
Lino Dias - A exposição que promovi pretendia apenas comemorar os 130 anos da inauguração da Linha da Beira Alta, tendo em conta que o comboio que transportou o rei D. Luís e a Família Real esteve parado em Carregal do Sal no dia 03 de Agosto de 1882, tendo havido grandes festejos na estação deste concelho, incluindo uma saudação ema6 verso, que agora também integra a exposição. Essa saudação, assim como outra colaboração que fui recolhendo, algum relativo à Linha do Dão e a Tomaz Ribeiro, natural do concelho de Tondela, são exclusivos desta nova exposição e que destaco como memória daquela linha e daquele grande estadista, impulsionador da construção da Linha da Beira Alta e da Linha do Dão.
a1webrails.tv - Como tem sido a aceitação e o interesse pela exposição?
Lino Dias - No Museu de Carregal do Sal disseram-me que foi uma bênção terem tido lá esta exposição, porque geralmente o mês de Agosto é o mais fraco do ano quanto a visitas, e a exposição fez com que desta vez fosse o mês com mais visitas. De Mangualde, onde a mostra esteve em Dezembro e Janeiro, tenho informação de que a exposição também registou boa afluência de visitantes. Na inauguração dessa exposição, fui ouvido pela Rádio de Mangualde e por um repórter do Jornal Azurara. Além disso, também fui ouvidoa2 por três estudantes da Escola Profissional de Viseu, que, por coincidência, andavam a fazer um trabalho sobre a importância da Linha da Beira Alta.
Eu recomendo sempre que as exposições sejam vistas pelos alunos das escolas, porque encontram lá informação que lhes poderá ser útil, mas é precisamente aí que noto que o interesse não tem correspondido como esperava que acontecesse. De resto, com mais ou menos visitantes, não me queixo! Eu faço o meu papel, a outros cabe fazer o deles!
Uma nota de agradecimento ao Sr. Lino Dias. As imagens foram cedidas por http://www.faroldanossaterra.net/