free web
stats

Representantes dosTrabalhadores do setor ferroviário reuniram em plenário

Realizou-se hoje, dia 3 de dezembro, um plenário de representantes de trabalhadores ferroviários onde ficou decido:

  • Manifestar a sua oposição a todas as formas de redução de salários e outras retribuições e, em particular a redução de salários prevista a partir de 1 de Janeiro de 2014;
  • Continuar a lutar pela revogação do decreto-lei 133/2013 e recusando toda e qualquer tentativa de o implementar, pelo que decidem desenvolver acções no dia 12 de Dezembro, por ocasião da apreciação parlamentar do mesmo
  • Realizar a dia 18 de Dezembro, uma acção de luta nacional dos trabalhadores da EMEF em defesa da empresa, da produção nacional, dos postos de trabalho e da contratação colectiva, em moldes a definir pelas organizações de trabalhadores;
  • Manter todos os pré-avisos de greve ao trabalho extraordinário; ao trabalho em dia de descanso semanal e dia feriado, para o período de 3 de Dezembro a 2 de Janeiro, até que as empresas reconheçam o primado da contratação colectiva;
  • Recusar alimentar falsos diálogos e mascaradas, onde o Governo faz de «patrão mau», que tudo rouba, e as Administrações que o Governo nomeou fazem de «patrão bom» que devolve umas migalhas do roubado a troco da aceitação dos restantes roubos.
  • Solicitar uma reunião à administração da REFER, para, partindo da sua maior evolução no actual contexto, tentar resolver mais alguns pontos que estão a impedir que se ultrapassem as razões que estão na origem da actual forma de luta;
  • Manifestar às administrações da CP, CP-Carga e EMEF, toda a disponibilidade para aprofundar um diálogo sério e respeitador das partes, que deve partir da mútua disponibilidade para respeitar os acordos anteriores, ou seja, a contratação colectiva existente.

Ler em pdf…