free web
stats

Novo ciclo de greve ao trabalho extraordinário

img : António Luz

img : António Luz

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário (SNTSF)  iniciou à meia noite de ontém mais um período de greve  na CP, CP Carga e EMEF ao trabalho extraordinário, que se vai prolongar até 31 de janeiro. De fora ficam os sindicatos afectos à UGT e independentes.

Citado pelo Jornal Sol  o coordenador da Federação de Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans), José Manuel Oliveira, confirmou os pré avisos de greve à Lusa, ” vai ter início na CP e na CP – Carga uma nova greve que arranca às 00:00 de 03 de Janeiro e termina a 31 deste mês, depois de ter terminado hoje outro período de greve igualmente ao trabalho extraordinário”.

O mesmo jornal cita também  fonte  da CP que prevê na adesão ao pré-aviso de greve um impacto reduzido na operação, “assim sendo, e à semelhança do que aconteceu durante o mês de Dezembro, a CP prevê impacto reduzido na circulação de comboios”.

Para além da CP e CP Carga, a empresa do universo Comboios de Portugal ligada a operações de reparação e manuteção EMEF, também está abrangida por um pré aviso de greve  para o período de 3 a 31 de janeiro de 2014 ao trabalho extraordinário.