free web
stats

34 mil passageiros no CFM em 2013

angolaCFMO Caminho-de-ferro de Moçamedes (CFM), entre as províncias angolanas do Namibe/ Huíla e Kuando Kubango, transportou em 2013 cerca de 34 mil passageiros,  e 16 toneladas de mercadorias diversas.

De acordo com um relatório do Governo Provincial da Huíla, no Lubango, os valores avançados para passageiros e mercadorias foram transportados nos 32 comboios realizados pela referida direcção do CFM.

O documento governamental, destaca que o Caminho de Ferro de Moçâmedes, realizou com regularidade as viagens entre as cidade do Lubango/Menongue, enquanto que no traçado Lubango/Namibe apenas foi feito durante o campeonato do Mundo de Hóquei em Patins, que aconteceu em Setembro.

Segundo o relatório, a previsão de transportação de mercadorias seria de 590 toneladas, mas devido algumas paralisações que serviu para modificar e colocar alguns meios na via-férrea, a mesma serviu para levar 16 toneladas.

O Caminho-de-ferro de Moçâmedes (CFM) possui 6 locomotivas das quais nove operacionais e sete inoperantes, 166 vagões, 54 carruagens e quatro furgões.

As obras de reabilitação da linha entre o município da Matala (Huíla) a Menongue (Kuando Kubango) e Namibe foram já concluídas e entregues ao Governo.

A reabilitação total da linha ferroviária de Moçâmedes é um investimento público avaliado em cerca de 90 milhões de dólares, e a sua execução está a cargo de uma empresa chinesa.