free web
stats

Ferroviários reunidos acertam protesto para 4 de fevereiro

img: António Luz

img: António Luz

Agendados pelo SNTSF, os ferroviários portugueses estiveram hoje reunidos em plenários por todo o país. A posição de desconforto e a necessidade de exprimir uma posição face aos cortes no valor do trabalho trazidos pelo OE 2014, e reposição do Acordo de Empresa, levou à mobilização descentralizada dos trabalhadores da CP, EMEF e REFER.

Segundo o SNTSF dos vários encontros saiu para fevereiro uma acção de protesto, ” nos vários plenários realizados aprovou-se uma resolução decidindo da realização no próximo dia 4 de Fevereiro de uma jornada nacional de luta dos ferroviários, contra os roubos através do OE 2014, pelo respeito integral da contratação colectiva e pelo efectivação do direito às concessões.”

Ficando assim defenido para dia 4 de fevereiro, “um dia de protesto na forma de greves, manifestações e concentrações.” Com vista à reposição dos AE, salários, direito ao transporte, e onde a Resolução apela à unidade de trabalhadores e organizações.

Ainda no rescaldo do dia, no Entroncamento,  os trabalhadores decidiram e concretizaram um corte simbólico da linha férrea.

A resolução saída dos plenários agendados para hoje pode ser consultada aqui