free web
stats

Home » Posts tagged with » Alsthom CP 2600

Sobe material circulante encostado para o Porto

\ \ \ \

Sobe material circulante encostado para o Porto

Esta semana, fala-se terça-feira 22, deverá seguir para reabilitar nas oficinas da EMEF no Porto uma composição material circulante encostado no Entroncamento. O lote compreende o envio, para reabilitação em Contumil e Guifões, de 4 locomotivas 2600 e 11 carruagens Schindler.

Push Pull equacionado pela CP

\

Push Pull equacionado pela CP

A ferrovia portuguesa poderá ter comboios a funcionar no sistema push pull. A solução está ser equacionada pela CP numa conta que junta locomotivas 2600 e carruagens sorefame. Circula que o incumbente quer recuperar unidades para fazer comboios push pull debaixo de catenária.

CP equaciona revolução no diesel com regresso das 1200

\ \ \ \ \ \

CP equaciona revolução no diesel com regresso das 1200

A CP Comboios de Portugal está a estudar a reintrodução da serie de locomotivas diesel 1200 para manobras em Santa Apolónia. O operador abordou o depósito sobre a hipótese desse material regressar ao activo e substituir as locomotivas 1400 no serviço de manobras. A mexida, ainda no campo das hipóteses, é mais ampla e perspectiva […]

Tarde de “Nariz Partido” no C.E.C.

\ \ \

Tarde de “Nariz Partido” no C.E.C.

O Clube de Entusiastas dos Caminhos de ferro (C.E.C.), como é hábito, juntou este sábado sócios e amigos dos caminhos de ferro. Para os modelistas ferroviários foi o dia do 1º Encontro das locomotivas Nez Cassés , em Português “Nariz Partido”, e onde se encaixa a locomotiva portuguesa do operador comboios de Portugal CP 2600. […]

Modelismo Passo a Passo – Alsthom CP 2600

\ \ \ \

Modelismo Passo a Passo – Alsthom CP 2600

. Mesmo com a crescente vaga de modelos disponibilizados pelas empresas nacionais, o modelista Português ainda se depara com algumas dificuldades, nomeadamente no que se refere ao custo das peças no mercado e por outro lado, a inexistência de alguns modelos no leque dos modelos já produzidos. Assim sendo resta-nos arregaçar as mangas e deitar […]