free web
stats

Home » Posts tagged with » Francisco Fortunato

Seja Bem-vinda a Administração Ferroviária!

\ \ \

Seja Bem-vinda a Administração Ferroviária!

[Opinião] A CP pensava uma estratégia comercial sem se preocupar se tinha ou não material circulante para isso, ordenava à EMEF uma série de disparates impossíveis de cumprir e os responsáveis abana cabeças, aí colocados, fingiam dar seguimento às necessidades.

Voltar ao passado para destruir o futuro

\ \

Voltar ao passado para destruir o futuro

[Opinião] Sabemos que a decisão política de integrar a EMEF na CP está tomada. O ministro falou com os que, desde o dia em que a empresa nasceu (30/01/1993), há 26 anos, esperam e reclamam a reversão da medida.

Para onde caminha a EMEF?

\

Para onde caminha a EMEF?

[Artigo de Opinião] Será moralmente lícito à EMEF, quando já não está no mercado, continuar a fazer “consultas abertas” em lugar dos obrigatórios “concursos públicos” impostos pelo CCP?

“Sol na eira e chuva no nabal” não é possível

\

“Sol na eira e chuva no nabal” não é possível

[Artigo de Opinião] Os privados têm a porta aberta para ficarem com “filet mignon” deixando os ossos para a EMEF (mais dia, menos dia) integrada na CP. É o desmantelamento da EMEF que assim o permite, não precisaram de nenhuma privatização.

CP | Aquisição de material, a verdade da mentira

\ \ \

CP | Aquisição de material, a verdade da mentira

[Artigo de Opinião] Deu jeito já não havia dinheiro e saiu-se airosamente de uma situação difícil, pois tal como hoje, é fácil anunciar será mais difícil concretizar, dado que será necessário dinheiro e, sobretudo, cumprimento do prometido, até porque palavra dada é palavra honrada e nisso estamos de acordo.

Porque não sai a CP das capas dos jornais e televisão?

\ \

Porque não sai a CP das capas dos jornais e televisão?

[Artigo de Opinião] Ora é, nesta situação, que a CP/EMEF tenta o equilíbrio, entre a sua oferta comercial e o reduzido material circulante que tem ao seu dispor e começa a “magicar” o que mais pode fazer para diminuir o tempo de imobilização do material circulante em oficina, ou atrasar intervenções programadas de acordo com as instruções dos fabricantes.

O Acordo Tripartido e suas consequências

\

O Acordo Tripartido e suas consequências

[Artigo de Opinião] A CP comprou 25 locomotivas 4700 à Siemens (15+10) que manifestamente não necessitava, pelo menos, as 10 últimas. Com isso teve de encostar 20 locomotivas 2600.

Toda a ignorância é atrevida, veja-se as Audições no Parlamento

Toda a ignorância é atrevida, veja-se as Audições no Parlamento

[Artigo de Opinião] Quando dominamos o assunto e, depois, temos a oportunidade de constatar a forma como os Deputados o abordam ficamos claramente com a sensação que, no mínimo, não fazem o trabalho de casa.

Governo reconhece os problemas da CP e mostra-se empenhado em resolver

\ \ \

Governo reconhece os problemas da CP e mostra-se empenhado em resolver

[Artigo de Opinião] Estive a ler (link abaixo) as declarações do ministro, em Marco de Canaveses, e juro que fiquei com a impressão de que, por sua vez, ele andou a ler o que escrevi no FB, ou, no sitio do Sindefer.

Ainda sobre Comboios

\ \ \

Ainda sobre Comboios

Há dois tipos de problemas que estão a ser misturados, por conveniências de alguns, mas que, embora complementares, os efeitos não se sobrepõem, neste momento! O problema da supressão de comboios, que a CP é obrigada a fazer (por exemplo, hoje, está a ser muito difícil na L. de Cascais), nada tem a ver com […]