free web
stats

Recomendação de Plano Ferroviário Nacional aprovado pela “nova maioria”

entro_24Uma semana depois de ter sido debatido na Assembleia da Republica foi aprovado esta sexta-feira o  Plano Ferroviário Nacional. O documento apresentado pelo grupo parlamentar os Verdes (PEV) e Bloco de Esquerda (BE), recomenda ao Governo que a ferrovia seja pensada de forma estruturante numa rede virada para passageiros, e mercadorias, num contexto nacional e internacional.

Na sequência da aprovação “pela nova maioria parlamentar”, o PEV destaca: “Portugal terá, muito em breve, um Plano Ferroviário Nacional, documento estruturante para voltar a erguer uma rede ferroviária que sirva a mobilidade dos passageiros e das mercadorias e que sirva o país, não só numa prestativa interna como também na sua ligação ao país vizinho e ao resto da Europa”.

Recorde-se que por ocasião do debate do projecto de resolução PSD e CDS, que votaram contra, lembraram que a existência do PETI3+, mostra que já existe um plano ferroviário.

A nota refere ainda que este Plano Ferroviário vai dar um contributo fundamental na resposta aos desafios ambientais, nomeadamente às alterações climáticas que vão ser discutidas em breve em Paris no quadro da COP21, e uma outra forma de estimular o pais. “Este Projeto de Lei é um importante contributo para a redução das emissões em Portugal, para a redução do consumo energético, nomeadamente dos combustíveis fosseis, e para o reordenamento do território que leve a uma melhor ocupação do país. Para além disso, é fundamental para a mobilidade das populações e mercadorias”.

Projecto de Resolução n.º 3/XIII/1.ª (PEV) e Projecto de Resolução n.º 7/XIII/1.ª (BE), aprovado com votos a favor da maioria PS, PCP, BE e Verdes, cabe agora ao Governo elaborar e apresentar um Plano Ferroviário Nacional.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.