free web
stats

Concluir a electrificação da linha do Algarve custa 33 milhões de euros

LinhaAlgarveFaroGlenBowmanA electrificação da totalidade da linha ferroviária do Algarve, num total de 102 quilómetros, envolve 33,6 milhões de euros.

Os trabalhos dividem-se pela electrificação dos troços Tunes-Lagos (14 milhões) e Faro-Vila Real de Santo António (18 milhões).

Para a sinalização e outros trabalhos estão destinados cerca de 1,6 milhões de euros.

Os dados foram avançados pelo Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, sexta-feira, em Faro. Na ocasião disse que a electrificação integral da linha ferroviária é uma das prioridades para a região, no actual quadro comunitário Portugal 2020.

A electrificação, no entanto, encontra-se ainda «em fase de projecto, mas temos a expectativa de ainda em 2018 ter os primeiros concursos de obra para o realizar agora no período até 2020», explicou.

As declarações tiveram lugar na cidade de Faro. Pedro Marques, o Primeiro-Ministro António Costa, e o Secretário de Estado Nelson de Sousa, marcaram presença na reunião do Conselho regional do Algarve sobre o Portugal 2030.

Conselho Superior de Obras Públicas

Já António Costa, na intervenção, adiantou que será relevante  ver o Programa Nacional de Infraestruturas «ser aprovado no quadro da Assembleia da República e com uma maioria de pelo menos dois terços, de forma a que possa ser objecto de um grande consenso nacional e deixemos de ter o debate das infraestruturas sujeito aos ciclos políticos que vão variando».

O Primeiro-Ministro disse ainda que se deve recuperar a «boa tradição» de dispor da «melhor informação técnica e científica» para definir o programa de infraestruturas, o que passa por reestabelecer o Conselho Superior de Obras Públicas num novo formato «mais exigente».

O Conselho Superior de Obras Públicas, referiu, deverá ter como missão dar «parecer obrigatório» sobre os projectos de infraestruturas, «ajudando a informar o debate político em torno das grandes decisões estratégicas que são necessárias tomar».