free web
stats

RIV Espinho – Vila Nova de Gaia anulada pela IP

O concurso para a empreitada de Reabilitação Integral de Via (RIV) do troço Espinho – Vila Nova de Gaia, lançada em Março passado, terminou sem empreiteiro.

A documentação e propostas apresentadas pelas cinco empresas interessados no concurso foi considerada sem validade pela Infraestruturas de Portugal.

Do lado da via e obras fala-se em suborçamentação do concurso. O valor base – 49 milhões de euros – surge como baixo face à complexidade do projecto e troço da linha do norte a intervir.

Artigo completo encontra-se disponível para subscritores.