free web
stats

Acidentes nos caminhos de ferro de Luanda

img : Lucas Neto

img : Lucas Neto

Entre janeiro e  15 de novembro de 2013, os Caminhos de Ferro de Luanda (CFL) registaram 27 mortos e 16 feridos em acidentes ferroviários.

De acordo como Augusto Osório, porta-voz dos CFL, os pontos mais críticos são a entrada da estação de Viana, a BCA e a Dimuka. Refere ainda que na quadra festiva a procura e o movimento de passageiros aumenta, e por isso há um aumento de atropelamentos nas vias.

Entre janeiro e o final de outubro o CFL transportou por dia uma média de 13 mil passageiros. Os horários de maior afluência centraram-se  entre as 7h às 10h, no sentido Viana-Bungo, e das 15h às 19h no sentido Bungo-Viana.